Cultura e Património

O Algarve é um anfiteatro exposto a sul, protegido pela serra e influenciado pelo clima mediterranico. O concelho de Tavira possui um mosaico de paisagens culturais, criadas pela interação do homem com a natureza ao longo dos últimos mil anos.

A serra xistosa, de solos pobres e matagais, desenvolveu áreas sucessivamente “despedregadas” que permitiram campos com culturas de sequeiro, sobreiros, azinheiras e alguns cereais como o trigo e a cevada, hortas familiares, pecuária e o aproveitamento dos recursos silvestres.

Na depressão periférica por onde corre o rio Gilão, surgem várzeas e regadios, hortas, pomares pontuados de olivais, amendoeiras, figueiras, alfarrobeiras.

Zona de transição com o litoral, designada por barrocal, beneficia de aquíferos subterrâneos, do clima ameno no Inverno, sem geadas ou baixas temperaturas e mais protegida da salinidade do mar. Predominam as hortícolas, os citrinos, o figo, a alfarroba, azeitona e amêndoa de casca tenra.

Junto ao mar, a cidade construída durante muitos seculos a partir de um povoado de fenício situado na colina genética, desceu nos seculos XV e XVI ate ao rio, acompanhou-o, ocupando terras alagadas e as duas margens ate à área estuarina.

No litoral destaca-se o sistema lagunar e as ilhas-barreira, de Tavira e Cabanas, integrados no parque Natural da Ria Formosa internacionalmente classificado, área muito vivificada com atividade atuneira e pesca artesanal, marisqueiro, captura de moluscos e bivalves, salinicultura e viveiros. Nas proximidades do mar planta-se a vinha e persistem algumas áreas de culturas mistas.

As paisagens culturais fazem parte da identidade histórica da região. É imprescindível COMPREENDER, PRESERVAR E VALORIZAR o seu elevado valor patrimonial, potencial lúdico e económico.

Com a sedentarização, a agricultura e atividades extrativas, os espaços naturais foram transformados em paisagens culturais. Estas dão-nos preciosa informação histórica sobre a nossa relação com os lugares, em muitos casos de grande beleza suscetíveis de integrar o património cultural classificado e atrair visitantes.

Olivais, vinhedos, montados e searas são imagens marcantes da paisagem mediterrânica.

 

Tags: